top of page
PeFrancoa(1).png

Homilia Quarta(15/02/2023) - VI Semana Tempo Comum | Ano A

Quarta-feira, 15/02/2023 - Mc 8,22-26

Mentes cegas


As pessoas quando estão cegas e começam a ver um pouquinho, ainda vêem “as pessoas como se fossem árvores andando” (Mc 8,24). E, contudo, pelo menos já veem um pouquinho. De fato, a nossa visão de fé sobre Deus e sobre os seres humanos vai clareando-se com o passar do tempo. É certo: quem não crê em Deus, tampouco valoriza o ser humano como deveria. Por vezes, inclusive despreza o ser humano, pois também despreza a Deus. O homem é imagem e semelhança de Deus. E isso é importante e digno de ser avaliado pela nossa mente, frequentemente embotada por tantas preocupações.


Este pressuposto nos leva a entender porque certas coisas que, segundo a nossa maneira de perceber, são muito claras para nós, mas, ao mesmo tempo, parecem muito obscuras para outras pessoas. Por isso temos que ter muita paciência e muita inteligência para explicar-lhes, por exemplo, sobre o início da vida humana e seu valor a tal ponto de não podermos matar os bebês no ventre de suas mãos. Suas mentes encontram-se cegas, por isso, como Jesus fez, temos que tomar essas pessoas pela mão, levá-las a um lugar aparte e utilizar o santo cuspe de Jesus para os olhos da mente delas (Mc 8,23);desta feita, começarão a ver. Mas é preciso paciência da nossa parte!


Pe. Françoá Costa

Instagram: @padrefcosta

3 visualizações0 comentário

Comments


Home

bottom of page