top of page
PeFrancoa(1).png

Homilia Quarta(15/03/2023) - 3º Semana da Quaresma | Ano A

Quarta-feira, 15/03/2023 - Mt 5,17-19

Candidatos à condenação eterna


Que fique bem claro: “Aquele, portanto, que violar um só desses menores mandamentos e ensinar os homens a fazerem o mesmo, será chamado o menor no Reino dos céus” (Mt 5,19). Certamente Jesus não está a falar das falhas dos seres humanos que, infelizmente, pecam, muitas vezes por fraqueza, pois, neste caso, basta o arrependimento e a confissão sacramental dos pecados. O texto refere-se a um fenômeno mais atual que antigo: desautorizar os mandamentos, não fazendo caso deles e ensinando os outros a não dar importância à voz de Deus. Efetivamente, o roubo é chamado de “ter tudo em comum”, o adultério de “partilha fraterna”, a fornicação de “amor”, os pecados solitários contra a castidade são chamados “necessidades do ser humano”, o aborto recebeu o nome de “interrupção da gravidez”, e assim continuam os desvarios humanos.


Não só não observam os mandamentos, mas ensinam os outros a não vivê-los; desprezam as ordens de Deus e ensinam os outros a fazerem o mesmo; fazem leis contra os mandamentos de Deus e forçam outros a fazerem o mesmo. São filhos do diabo e obrigam os outros a serem também, através da mentira e do ódio. Se não se converterem, serão os menores no Reino dos céus, caso consigam esta graça do arrependimento no último suspiro antes da morte. Porém, se não se arrependerem e não se converterem antes de morrerem, serão jogados “no fogo do inferno, onde o verme não morre e onde o fogo não se extingue” (Mc 9,47-48).


Pe. Françoá Costa

Instagram: @padrefcosta

6 visualizações0 comentário

Comments


Home

bottom of page