top of page
PeFrancoa(1).png

Homilia Quarta(26/07/23) - 16º Semana do Tempo Comum - A - Homilias diárias. F

Quarta-Feira, 26/07/2023 - Santana e São Joaquim - Mt 13,16-17

Pais marianos


Santana e São Joaquim, os pais de Maria Santíssima, eram do número daqueles justos que “desejaram ver o que vedes e não viram, e ouvir o que ouvis e não ouviram” (Mt 13,17). Todos eles desejavam ver, como Simeão e Ana puderam contemplar: “porque meus olhos viram tua salvação” (Lc 2,30). Os pais da Virgem Maria, São Joaquim e Santana, quase alcançaram ver já aqui na Terra o seu neto adorável, o Senhor Jesus, mas, pelo que tudo indica, provavelmente não chegaram a ver o rosto adorável do Salvador. Vê-lo-iam posteriormente, mas não enquanto viveram nesta Terra. Santana e São Joaquim sabiam que a menina que era sua filha, Maria, seria a mãe de Jesus Cristo? Provavelmente não.


Contudo, eles notaram, de alguma maneira, como a pequena Maria, sendo bem normal, tinha algo de especial. E morriam de amor por ela. Sinceramente, não penso que eles entregaram a Santíssima Virgem no Templo quando ela tinha três anos para morar lá. Penso que ela cresceu entre seus pais e, não muito tempo depois, terá sido entregue a outro parente, posto que Ana e Joaquim já eram de idade avançada e não teriam muitos de vida pela frente. Sem dúvida alguma, estamos entre as pessoas mais marianas da face da terra, pois Santana e São Joaquim cuidaram daquela que seria a mãe do Filho de Deus. Quanto privilégio! Aprendamos com São Joaquim e Santana a tratar Nossa Senhora para nos prepararemos para receber o nosso Salvador, o Senhor Jesus Cristo. Os pais, especialmente os pais, devem ser muito marianos para que consigam dar uma boa educação para seus filhos. Para ser ainda mais concreto: cada família deveria rezar o Terço de Nossa Senhora pelo menos uma vez por semana, todos juntos e bem devotos.


Pe. Françoá Costa

Instagram: @padrefcosta

2 visualizações0 comentário

Comments


Home

bottom of page