top of page
PeFrancoa(1).png

Homilia Sábado(07/10/23) - 26º Semana do Tempo Comum - A - Homilias diárias. F

Sábado da 26ª semana do Tempo Comum - 07/10/2023 - Lc 1,26-38

Nossa Senhora do Rosário


O Rosário e a vida


Na anunciação se manifestou, finalmente, a vocação de Maria: ser a Mãe de Deus. Tudo fica claro: o anterior e o posterior se iluminam à luz do que estava acontecendo com ela naquele exato momento. Fica patente também porque é que a mulher “será salva pela maternidade, desde que, com modéstia, permaneça na fé, no amor e na santidade” (1 Tm 2,15). Assim como Maria foi chamada a ser mãe, cada mulher também é chamada à maternidade. Esse é o sentido mais profundo que se esconde na existência vocacional de cada mulher, de tal maneira que ela vive sua vocação existencial sendo mãe. O diabo, sabendo disso, ataca a mulher em dores de parto (Ap 12,1-4), ataca Nossa Senhora, ataca a Igreja, ataca a mulher na cultura ocidental. A serpente infernal não quer que a mulher seja mãe nem quer o fruto do ventre feminino, a criança. Não se vê que por detrás das campanhas abortistas e anti-natalistas está essa luta antiga do demônio contra a maternidade e a vida?


Nós temos que vencer a luta a favor da vida com a maternidade, com a Virgem Maria, com o Santo Rosário. Mas é preciso estar atentos a um detalhe: mesmo que todo o Ocidente vote a favor da matança dos bebês nas barrigas de suas mães, nós não perdemos a batalha, pois é batalha tem etapas. A etapa real na qual devemos estar é aquela da reza do Santo Rosário e da formação doutrinária dos nossos católicos. Confiemos: um povo que reza e que é bem formado é terror de demônios, além de ser solução para os problemas reais dos irmãos e das sociedades nas quais vivem.

Pe. Françoá Costa

Instagram: @padrefcosta

12 visualizações0 comentário

Comentários


Home

bottom of page