top of page
PeFrancoa(1).png

Homilia Sábado(10/12/22) II Semana do Advento | Ano A

Atualizado: 26 de dez. de 2022

Sábado, 10/12/2022 - Mt 17,10-13


● Reencarnação é doutrina falsa


O Elias que deveria vir era São João Batista (Mt 17,10-13). Mas esta afirmação nada tem a ver com a doutrina espírita da reencarnação, segundo a qual as pessoas depois da morte teriam novas chances de se purificarem diversas vezes até chegarem ao estado evolutivo perfeito. Isto é mentira! De fato, a Escritura fala que os homens morrem uma só vez e logo depois vem um juízo (Hb 9,27); trata-se de juízo particular, que determina o nosso destino eterno; o outro juízo que um dia acontecerá será o juízo universal (Mt 25). A reencarnação contraria a salvação e a graça de Jesus Cristo, já que se nós nos salvamos a nós mesmos, mediante sucessivas purificações em vidas igualmente sucessivas, então não precisamos de Jesus Cristo. Nós mesmos nos bastaríamos. A graça seria desnecessária, bastariam as nossas forças.

Já que a pestífera doutrina da reencarnação não é verdadeira, resta agarrar-nos à salvação que vem do Senhor. Elias veio nos tempos de Jesus Cristo, não no sentido de que João Batista seria a reencarnação de Elias, mas no sentido que assim como Elias foi tão grandioso, assim também João Batista o foi. Assim como João Batista preparou o povo para a primeira vinda do Senhor, assim também a sua pregação e a sua vida preparam a Igreja para a segunda vinda de Jesus Cristo. Ser comparado com o Elias do Novo Testamento é algo realmente maravilhoso que manifesta a estima tão alta que Jesus tinha do seu profeta precursor, São João Batista. Queiramos nós também ter intimidade com Deus e sermos seus muito queridos, uma vez que já somos seus amados.



Pe. Françoá Costa

Instagram: @padrefcosta


2 visualizações0 comentário

コメント


Home

bottom of page