top of page
PeFrancoa(1).png

Homilia Segunda(20/03/2023) - 4º Semana da Quaresma | Ano A

Segunda-feira, 20/03/2023 - Jo 4,43-54

Profetas perseguidos


Jesus disse “que o profeta não é honrado em sua própria pátria” (Jo 4,44). Esta palavra se cumpriu de maneira perfeita na vida de Jesus, pois ele foi desprezado pelos seus, que, finalmente, o crucificaram. Contudo, esta sentença continua válida e é sentida por aquele jovem que começa a servir a Deus de verdade e sua própria família o persegue, por aquela dona de casa que sustenta a todos na oração e não é reconhecida, por aquela crianças que já tem uma bela espiritualidade e seus pais não alcançam o significado deste dom de Deus, por aquela moça que descobriu o valor da castidade em sua vida e as outras amigas acham um absurdo, por aquela família que descobriu a maravilha de ter muitos filhos e os próprios parentes a critica.


Os profetas, frequentemente, são desprezados, não são escutados e, por vezes, são até matados. O autor da Carta aos Hebreus, depois de elencar tantas pessoas de fé heróica na história sagrada, reconhece que eram seres humanos “de quem o mundo não era digno” (Hb 11,38). Bela sentença contra o mundo! Consoladoras palavras para aqueles que seguem Jesus Cristo de verdade. Todo cristão, por ser batizado, é também profeta. Sendo assim, não nos deve admirar que o mundo não goste de nós e chegue até mesmo a nos perseguir. Nestes tempos confusos nos quais vivemos, amigos da mentira e de Satanás, não nos deve estranhar que encontremos algumas inimizades, não porque nós as queiramos, mas porque são inevitáveis. Rezemos, profetas, e façamos aquilo que devemos fazer em cada momento, confiados em Nosso Senhor.


Pe. Françoá Costa

Instagram: @padrefcosta

8 visualizações0 comentário

Comments


Home

bottom of page