top of page
PeFrancoa(1).png

Homilia Sexta(16/06/23) - 10º Semana do Tempo Comum - A - Homilias diárias. F

Sexta, 16/06/2023 - Mt 11,25-30

Escutar Jesus (Solenidade do Sagrado Coração de Jesus)


Jesus apareceu à Santa Margarida Maria Alacoque (1647-1690) entre os anos 1673 e 1675. Essa santa freira da ordem da visitação, entendeu que devia honrar o Coração de Jesus fazendo as comunhões reparadoras nas primeiras sextas-feiras do mês e uma hora de adoração ao Santíssimo Sacramento nas quintas-feiras, devia também promover um dia ao Sagrado Coração de Jesus. Quanto àquelas pessoas que comungarem nas primeiras sextas-feiras do mês, Jesus disse através de Santa Margarida: “Prometo-te, pela Minha excessiva misericórdia e pelo amor todo-poderoso do meu Coração, conceder a todos os que comungarem nas primeiras sextas-feiras de nove meses consecutivos, a graça da penitência final; não morrerão em minha inimizade, nem sem receberem os sacramentos, e Meu Divino Coração lhes será seguro refúgio nessa última hora”.


Adorar o Coração de Jesus é adorar o Cristo inteiro no seu mistério de amor e compaixão pela humanidade. Ele que é “manso e humilde de coração” ( Mt 11,29) quer que nós também o sejamos. Aprendamos continuamente a humildade do Senhor. De fato, como é desagradável estar perto de gente emproada, complicada e altiva. A mansidão e a humildade, além de serem virtudes que agradam o coração de Deus, são disposições que tornam mais fácil a convivência humana. O orgulho nos faz ridículos, a humildade nos mostra transparentes, pois – como dizia S. Teresa de Jesus – “humildade é andar na verdade”. C. S. Lewis explicava de maneira bastante clara o porquê Deus deseja ver-nos humildes: “Deus tenta nos tornar humildes para que seja possível o momento de lançarmos fora a tola e horrenda fantasia com que nos adornamos e que nos entravava os movimentos, enquanto a exibíamos por aí feito idiotas”. Falando bem claro: a humildade e a mansidão revelarão o nosso autêntico “eu” e nos fará exultar em Deus.


Diante de Deus somos o que somos, nem mais nem menos, com qualidades e defeitos, com méritos e deméritos, gente boa com coisas não tão boas. É preciso ter bem claro tudo isso na própria vida para saber exigir os próprios direitos, cumprir os próprios deveres e dar a devida honra e glória a Deus. Ter a consciência bem formada na humildade nos ajudará também a não praticar a falsa humildade, que consiste, entre outras coisas, em negar as nossas qualidades ou em andar por aí expondo-as sem necessidade. Somos o que somos e o que somos devemos a Deus, a quem seja toda a honra e toda a glória através de nós e de nossas ações! E quanto à mansidão? Sem dúvida alguma, a mansidão vem pela humildade. Peçamos a Deus a humildade, e a mansidão também virá. Que o Sagrado Coração de Jesus no ajude.


Pe. Françoá Costa

Instagram: @padrefcosta

3 visualizações0 comentário

Comentarios


Home

bottom of page