top of page
PeFrancoa(1).png

Homilia Sexta(17/11/23) - 32º Semana do Tempo Comum - A - Homilias diárias. F

Sexta-feira da 32ª semana do Tempo Comum - 17/11/2023 - Lc 17,26-37


Coisa normais esperam a vinda de Cristo


Uma vida normal: “comiam, bebiam, casavam e davam-se em casamento, até o dia…” (Lc 17,27). Até o dia em que Jesus voltará. Então alguns serão salvos, outros perecerão. Nada contra a vida normal, mas contra a falta de coerência na vida normal. Para um cristão católico não há outra possibilidade de edificação a não ser comer, beber, casar no Senhor, isto é, com espírito profundamente cristão e segundo as leis de Cristo e da Igreja.


Dá pena ver tantos cristãos que vivem como se Deus não existisse: não rezam, não vão à Missa, fornicam, adulteram, sodomizam, embriagam-se, furtam… Quanta falta de coerência. Não pensem que se salvarão sem mudar de vida. De fato, se não se converterem, esperam-lhes o fogo eterno e os braços de Satanás. A falta de coerência é pior do que não ter conhecido a Deus, já que aqueles que ignoram o Senhor fazem muitas coisas por ignorância. Aqueles que o conhecem e não se convertem, manifestam uma maldade que Deus levará em conta. O católico precisa pelo menos lutar contra suas ignorâncias e concupiscências. Alguém poderia argumentar que seria melhor ser ignorante para não conhecer tanto do que saber a verdade e não praticá-la. Eu diria que não, pois é muito melhor o ser do que o não ser, a verdade do que a mentira, a luta pela verdade e o bem do que o aprisionamento na ignorância. De fato, “tudo o que fizerem, façam de todo o coração, como para o Senhor” (Cl 3,23), inclusive beber algo e dar-se em casamento a alguém.


Pe. Françoá Costa

Instagram: @padrefcosta

3 visualizações0 comentário

Comments


Home

bottom of page