top of page
PeFrancoa(1).png

Homilia Terça(07/11/23) - 31º Semana do Tempo Comum - A - Homilias diárias. F

Terça-feira da 31ª semana do Tempo Comum - 07/11/2023 - Lc 14,15-24


No céu haverá comida?


Que palavra impressionante: “Feliz aquele que tomar refeição no Reino de Deus” (Lc 14,15). Será que vamos nos alimentar no céu? Santo Tomás de Aquino responde: “Os santos não terão o sentido do gosto enquanto dá a sensação dos alimentos. Mas enquanto serve para julgar dos sabores, poderão talvez exercê-lo, do modo referido” (S. Th. Supl., 82, 4, ad 2). Como os corpos serão gloriosos, suas ações serão igualmente gloriosas e fugirão, portanto, das inutilidades. Ora, os corpos ressuscitados já não morrem por causa da espiritualização de todo o elemento material corpóreo, motivo pelo qual não precisam alimentar-se.


Neste sentido, como em outras passagens da Escritura, a refeição do Reino dos céus deve ser entendida de maneira espiritual, porém, a tal ponto que faça com que os bem-aventurados no céu possam julgar sobre todas as coisas, tendo em conta o que viveram aqui e o conhecimento que Deus lhes deu para exercer em qualquer lugar. Contudo, não excluo que haja algo de alimentação no céu, uma vez que os corpos, por mais gloriosos que sejam, não deixam de ser corpos verdadeiros. De fato, Jesus parece ter comido depois da ressurreição (Jo 21,1-14), por que também não o faríamos nós? Há coisas que só vamos saber quando chegarmos ao céu e, contudo, em qualquer caso, esse alimento só pode ser glorioso, uma vez que o nosso corpo é glorioso. Então se o alimento é glorioso, será ainda mais gostoso. Gente, vamos pro céu!


Pe. Françoá Costa

Instagram: @padrefcosta

1 visualização0 comentário

Comments


Home

bottom of page