top of page
PeFrancoa(1).png

Homilia Terça(11/04/23) - 1º Semana da Páscoa : Oitava - A - Homilias diárias. F

Terça-feira santa, 11/04/2023 - Jo 20,11-18

Solução para a tristeza


Será que a alegria espiritual, aquela que vem de Deus, pode conviver com alguma tristeza? Santo Tomás faz esta pergunta na Suma de Teologia (cf. S. Th. II-II, 28, 2c) e eu também me faço-a ao ler o Evangelho da liturgia de hoje: Jo 20,1-18. Efetivamente, Maria Madalena estava toda chorosa porque não encontrava o corpo morto de Jesus, ao mesmo tempo que ela guardava a memória de Jesus em seu coração, também conservava uma amizade diferenciada com o Eterno que nem ela mesma sabia explicar. Em pouco tempo, ela escutará Jesus chamando-a pelo nome, o qual causará nela uma alegria quase imensa.


Vejamos: enquanto nos alegramos com o bem divino em si mesmo considerado, não há lugar para a tristeza, porque Deus é todo amor e não há lugar para algo que seja produtor de melancolias. Porém, enquanto a alegria é produzida em nós, pode encontrar alguma contrariedade e, desta feita, a mesma alegria espiritual com a qual nos alegramos com o bem divino pode conviver em nós com certa tristeza por causa de alguma contrariedade por outras questões que existe em nós. Penso, contudo, que depois que Maria escutou a voz do Senhor: “Maria!” (Jo 20,16), até esta última tristeza foi embora, ficando lugar apenas para o gáudio completo. Quero dizer que a solução para qualquer tristeza é a escuta da voz do Senhor e que, no nosso caso, isto se dá na oração. Você e eu temos que estar preparados para continuarmos a abrir as nossas almas para que Deus as encha da mais pura alegria espiritual e, apesar de termos alguns motivos para tristezas, não haja mescla alguma de melancolia. Certamente nada disto nos alienar, mas nos deixará com a mente mais aberta para receber aqueles problemas que antes nos causavam tristezas.


Pe. Françoá Costa

Instagram: @padrefcosta

4 visualizações0 comentário

Comments


Home

bottom of page